Saúde do bebê

Saúde do Bebê

A preocupação com a saúde do bebê deve vir desde a barriga da mãe. Para isso, é necessário que a mulher tome alguns cuidados durante a gestação. A alimentação da gestante é fundamental para o desenvolvimento congênito da criança.

Toda futura mãe deve guardar o nome Ácido Fólico. Ele é uma vitamina do complexo B, que pode ajudar a prevenir malformações no cérebro e na medula espinhal do feto, quando ingerido antes e durante as três primeiras semanas de gravidez. Estudos mostram que mulheres que consomem a quantidade recomendada dessa vitamina diminuem os riscos do bebê desenvolver anencefalia e espinha bífida (principal causa de deficiência infantil). O ácido fólico também é importante para a saúde da mulher, pois previne doenças cardíacas, certos tipos de câncer e anemia.

Recomenda-se o consumo de 400 microgramas de ácido fólico por dia. O nutriente pode ser encontrado em frutas cítricas (laranja, limão, morango, grape fruit, tangerina, pêssego, etc) e nos vegetais de folhas verdes (feijão, amendoim, brócolis, aspargos, ervilha, lentilha, brócolis, espinafre, etc). Os cereais e os grãos enriquecidos contêm uma forma sintética de ácido fólico, que o corpo absorve com mais facilidade em comparação à sua forma natural.

Tratamentos e cuidados

Após o nascimento do bebê, é necessário escolher um pediatra de sua confiança. Dar preferência a um profissional que atenda o seu convênio médico também é um ponto importante a levar em consideração.

Outro fator que pode ser decisivo na hora de definir o pediatra é o quesito atenção. Médicos atenciosos e que sabem ouvir a família, em geral, propiciam uma relação de maior confiança. Antes de escolher, não se esqueça de perguntar também sobre horários. Pediatras com disponibilidade de horários alternativos são importantes para casos de emergência.

Outro cuidado fundamental é com a amamentação. Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), é recomendado amamentar o bebê exclusivamente com leite humano até o sexto mês de vida. Somente após essa data e a consulta do pediatra, devem ser introduzidos outros alimentos na dieta da criança, mantendo-se o aleitamento materno.

Fonte:

SCHOLL, Theresa O.; JOHNSON, William G. Folic acid: influence on the outcome of pregnancy. The American journal of clinical nutrition, v. 71, n. 5, p. 1295s-1303s, 2000.

MILUNSKY, Aubrey et al. Multivitamin/folic acid supplementation in early pregnancy reduces the prevalence of neural tube defects. Jama, v. 262, n. 20, p. 2847-2852, 1989.

CHRISTIAN, Parul et al. Supplementation with micronutrients in addition to iron and folic acid does not further improve the hematologic status of pregnant women in rural Nepal. The Journal of nutrition, v. 133, n. 11, p. 3492-3498, 2003.

KARATAS, F. et al. Determination of folic acid level in some foodstuffs.Chemistry of Natural Compounds, v. 43, n. 3, p. 310-312, 2007.

BUTTE, Nancy F.; LOPEZ-ALARCON, Mardia G.; GARZA, Cutberto. Nutrient adequacy of exclusive breastfeeding for the term infant during the first six months of life. 2002.