Causas da Infertilidade - Gineco

Causas

As causas da infertilidade são variadas. Acredita-se que 30% dos casos sejam decorrentes da infertilidade masculina, 30% da feminina, 30% por questões relativas a ambos, e 10% por motivos indeterminados.

Para detectar quais as possíveis causas para a dificuldade em ter um bebê, o casal deverá realizar exames que avaliarão sua capacidade reprodutora. Para o homem será indicado o espermograma. Já as mulheres podem fazer o exame clínico para examinar o colo do útero e, em alguns casos, flutuações hormonais do ciclo menstrual.

De acordo com a Sociedade Americana de Medicina Reprodutiva, as principais causas da infertilidade são:

  • Idade: não deixar para engravidar tarde;
  • Doenças sexualmente transmissíveis: prevenir e tratar rapidamente;
  • Peso: evitar baixo peso ou obesidade;
  • Tabagismo: parar de fumar, pois o cigarro reduz a fertilidade.

A relação entre idade e fertilidade é conhecida, pois quanto maior a idade da pessoa, menor deve ser a qualidade dos gametas (o óvulo e o espermatozoide). Segundo a noção médica tradicional, as mulheres já nascem com todos os óvulos, que serão amadurecidos ao longo da vida. Assim, ao envelhecerem, essas células apresentariam menor eficácia para a concepção. Estudos recentes sugerem que mulheres adultas continuam produzindo óvulos, o que poderia ampliar as possibilidades de tratamento da infertilidade. Já os homens produzem espermatozoides a partir da puberdade e ao longo da vida toda.

Alguns fatores do cotidiano também podem ser causadores da dificuldade de engravidar, como o estresse e outros indicadores de uma saúde debilitada. A obesidade, por exemplo, é um fator que pode favorecer a infertilidade, pois o aumento de gordura desestimula a produção dos hormônios femininos e masculinos.

O diagnóstico é realizado por exclusão, ou seja, a partir de um quadro geral de possíveis fatores, vão-se descartando as hipóteses até chegar ao diagnóstico final. Entretanto, quando não são encontradas alterações clínicas, os casais recebem o diagnóstico de causa indeterminada. Nesses casos, é recomendada a realização de novos exames tanto para o homem quanto para a mulher.

Fontes:

Dr. Sergio dos Passos Ramos CRM17.178 – SP

Lima, Geraldo Rodrigues de; Girão, Manoel J.B.C.; Baracat, Edmund Chada. Propedêutica do casal infértil. In: Ginecologia de Consultório. 2003.1ª Edição. P.177-188. Editora de Projetos Médicos. São Paulo-SP.

Magalhães, Angela Maria. Sexo sem medo. In: Esterilização e Infertilidade feminina. P 58 -61. 2005. Editora Brasport. Rio de Janeiro – RJ.

Site: MediPedia

http://www.medipedia.pt/home/home.php?module=artigoEnc&id=798

Site: Estadao.com.br. Estudo sugere que mulheres adultas produzem óvulos

http://www.estadao.com.br/noticias/vidae,estudo-sugere-que-mulheres-adultas-produzem-ovulos,906598,0.htm