shutterstock_122840269

Disfunção sexual: Um mal que também afeta as mulheres

A disfunção sexual, muito conhecida por afetar os homens, também atinge muitas mulheres pelo mundo. Esse distúrbio está diretamente ligada à falta de desejo sexual da mulher, dor durante a relação sexual, dificuldade em ficar excitada, incapacidade de atingir o orgasmo ou lubrificação insuficiente. Mas, muitas mulheres se culpam por não alcançarem a satisfação sexual, sem saber que o motivo pode residir em um problema de saúde físico ou psicológico e acabam sofrendo ainda mais por terem vergonha de procurar ajuda médica.

Recentemente a Secretaria de Saúde de São Paulo realizou uma pesquisa no Centro de Referência e Especialização em Sexologia (Cresex) do Hospital Pérola Byington, que indicou que a falta ou redução do desejo sexual feminino afeta 48,5% das mulheres que responderam a pesquisa. Segundo o estudo, 18% das pacientes entrevistadas afirmam ter dificuldade para sentir orgasmo, 6,9% têm níveis irregulares de desejo sexual pelo parceiro, 9,2% sentem dor durante a relação sexual e dessas, apenas 13% têm causas orgânicas para os seus problemas, como inflamações ou problemas relacionados aos hormônios.

Os fatores que desencadeiam a disfunção sexual feminina podem ter causas diversas, como depressão, estresse, doenças crônicas, infecções vaginais, inflamações no colo do útero, uso de drogas ou álcool, histórico de abuso sexual, insatisfação com o parceiro causada por ejaculação precoce, disfunção erétil masculina ou até mesmo falta de diálogo entre o casal sobre o que cada um gosta mais na hora do sexo.

A cura da disfunção sexual existe, mas para ser alcançada é preciso que consultas multidisciplinares sejam realizadas, possibilitando o tratamento de possíveis causas orgânicas e psíquicas. E claro, o apoio do parceiro é indispensável nesse momento, afinal a saúde sexual é essencial para viver bem a dois.

Fonte:

ZERO HORA; Falta de desejo sexual já atinge 49% das mulheres. Disponível em: . Acesso em 10 de março de 2014.
SEGS; Disfunção sexual feminina atinge 48% das mulheres se queixam da falta de desejo sexual. Disponível em: . Acesso em 10 de março de 2014.

L.BR.05.2014.1898