DISFUNÇÕES SEXUAIS FEMININAS – VAGINISMO

A relação sexual deve ser prazerosa para ambos os parceiros. A ocorrência de dor durante a relação sexual é denominada vaginismo, que se caracteriza por contração involuntária recorrente ou persistente dos músculos do períneo e da entrada da vagina, impossibilitando a penetração. No longo prazo, pode levar a quadros de ansiedade, baixa autoestima e depressão.

 

O vaginismo pode ser de três tipos:

 

  • Primário: quando surge desde a primeira relação sexual;
  • Secundário: quando surge depois de um período de relações normais;
  • Terciário: é conhecido também como situacional, pois ocorre apenas em determinadas posições com determinados parceiros.

 

As causas desta disfunção sexual são complexas, e comumente estão relacionadas a aspectos psicossociais, tais como religião, educação repressora, traumas e falta de conhecimento do próprio corpo. O tratamento psicológico, na maioria dos casos, é multidisciplinar, envolvendo ginecologista, fisioterapeuta e psicólogo.

 

Disfunções Sexuais Femininas – Vaginismo

Fonte:

ALVEIRO, Mariana Chaves; DRUUSSO, Patrícia; URDIALES, Ana Paula. Efetividade de intervenções fisioterapêuticas para o vaginismo: uma revisão da literatura. Disponível em: https://www.researchgate.net/publication/262427810_Effectiveness_of_physical_therapy_for_vaginismus_a_literature_review. Acesso em 06 de março de 2015.

PERGUNTAS FREQUENTES

Qual é a porcentagem de eficiência da pílula anticoncepcional?

Se tomada corretamente, o índice de falha é 0,1%, a eficiência é 99,9%.

Gostaria de saber o que acontece se a pílula começa a ser tomada fora do período de menstruação.

Pode haver mudança no ciclo menstrual e não haverá proteção para evitar gravidez nesse mês.

O DIU é dolorido? É possível sentir o DIU colocado pelo ginecologista?

A colocação do DIU é um pouco dolorida. O DIU é colocado no consultório médico e a mulher sente uma leve cólica, igual a de uma menstruação. Após a colocação do DIU, a mulher, treinada e orientada pelo médico, pode sentir os fios do DIU na vagina.

Tenho endometriose e tomo anticoncepcional sem parar para não menstruar. Gostaria de saber se corro o risco de engravidar.

O risco de gravidez para quem utiliza o anticoncepcional de maneira correta e regular é muito baixo. Mas converse com seu médico a respeito dessa maneira de tomar a pílula.

VER TUDO

VÍDEOS

Mitos e Verdades sobre Contracepcao de Longo Prazo

Mitos e Verdades sobre Contracepcao de Longo Prazo

YYMMDD Author/Uploaded by

A ginecologista e obstetra Dra. Thais Ushikuza esclare as principais duvidas e mitos sobre os métodos de contraceptivos de longo prazo

LER MAIS

ARTIGOS RELACIONADOS

NEWSLETTER

Para receber mais informações,
digite seu nome e e-mail.

As opiniões acima possuem caráter meramente informativo e não substituem a consulta a seu médico de confiança.

 

Não é finalidade deste site a análise, comentário ou emissão de qualquer tipo de diagnóstico aos usuários, tarefa esta reservada unicamente ao seu respectivo médico de confiança.