Gineco – Cabelos na Gravidez

Grávida sim e com cabelos lindos também

A gravidez é um período mágico e sensível na vida de toda mulher e exige cuidados especiais com a saúde. Entre as precauções estão evitar o uso de produtos químicos nesta fase, como tinturas de cabelo, produtos para alisamento e afins. Mas, nem por isso as futuras mamães precisam deixar a vaidade de lado e descuidar da aparência.

Principalmente nos três primeiros meses da gestação é imprescindível evitar o uso de qualquer tipo de química não só no cabelo, pois podem provocar irritação e até mesmo prejudicar o desenvolvimento do feto. As tinturas e químicas são nocivas por conter amônia que, em contato com o couro cabeludo vão diretamente para a corrente sanguínea, causando má formação do bebê e até mesmo o aborto. Cuidado também com os shampoos tonalizantes, pois estes também contém amônia.

A saída para permanecer linda, sem manchas no cabelo, é recorrer a técnica de luzes ou mexas com touca, mantendo a distância de 1 cm do couro cabeludo, evitando assim a absorção dos componentes químicos no organismo. Mas, ates de realizar qualquer procedimento estético, converse com o seu ginecologista para verificar se não há outros riscos à gestação.

As mudanças hormonais típicas desse período também afetam a saúde dos fios, tornando-os ressecados ou oleosos, finos ou grossos, mais lisos ou encaracolados, apresentando variações fora do comum. Nesses casos, a futura mamãe deve estar atenta e trocar de shampoo e condicionador caso for necessário.

Mas não é preciso se desesperar, após o parto o organismo tende a se normalizar logo após o chamado eflúvio telógeno, período em que o cabelo começa a cair e se renovar. A queda de cabelo pós-parto deve se normalizar em poucos meses, caso contrário procure um dermatologista para avaliar a saúde dos fios.

Fonte:
ALÔ BEBÊ; Como cuidar dos cabelos durante a gravidez. Disponível em: <http://www.alobebe.com.br/revista/como-cuidar-dos-cabelos-durante-a-gravidez.html,233>. Acesso em 14/03/2018.

L.BR.02.2014.1610