GUIA DO BEBÊ RECÉM-NASCIDO

A maternidade é uma transformação na vida de toda a mulher. Desde o resultado positivo do exame de gravidez até à hora do parto, a ansiedade toma conta do coração das mamães. Mas engana-se quem pensa que as dúvidas acabam no momento em que se pega o bebê no colo pela primeira vez.

 

Tanto para as mães de primeira viagem, quanto para as já experientes, cuidar de um recém-nascido pode ser um desafio cheio de surpresas inesperadas. Pensando nisso, preparamos um guia especial para ajudar as mulheres a passarem pelos primeiros meses de vida do neném com tranquilidade. Os choros misteriosos e as cólicas não serão empecilhos para que você curta cada sorriso do seu bebê.

 

Confira o guia completo do recém-nascido do primeiro ao sexto mês.

 

Fonte:

BABY CENTER. Recém-nascido. Disponível em: http://brasil.babycenter.com/c200073/rec%C3%A9m-nascido. Acesso em 19 de fevereiro de 2015.

 

Guia do bebê recém-nascido

PRIMEIRO MÊS

Conhecendo o seu bebê

 

Foi dada a largada ao desafio de ser mãe e o primeiro mês de vida do bebê talvez seja o mais difícil para a maioria das mulheres. Afinal, é o momento das primeiras impressões e novidades, pois a mãe e a criança acabaram de se conhecer depois de meses de espera.

 

Os reflexos e a visão 3D (tridimensional) são desenvolvidos nas primeiras semanas de vida. por isso ele pode fazer gestos, barulhos e até mesmo sorrir ao reconhecer pessoas próximas, como uma resposta natural de ação e reação.

 

Pontos semelhantes a acne costumam começar a surgir na criança entre a quarta e quinta semana de vida devido a estimulação das glândulas sebáceas e pelos hormônios que passaram pela placenta durante a gravidez. Mas essas pequenas espinhas sumirão nas próximas semanas.

 

Os primeiros dias também são marcados pelas cólicas. O desconforto é causado pela falta de hormônios responsáveis pela maturação do sistema digestivo que ainda não foram liberados pelo organismo. Para amenizar as dores, a mãe deve manter uma alimentação saudável, pois pode interferir diretamente na qualidade do leite. Além disso, é recomendado massagear levemente a região abdominal do bebê, pois ajuda a aliviar as cólicas.

 

Fonte:

MINHA VIDA. Por dentro do que acontece no primeiro mês de vida do seu bebê. Disponível em: http://www.minhavida.com.br/familia/materias/13500-por-dentro-do-que-acontece-no-primeiro-mes-de-vida-do-seu-bebe. Acesso em 20 de fevereiro de 2015.

SEGUNDO MÊS

Sentindo o mundo

 

Agora que vocês já se conhecem melhor, tudo parece mais calmo, sem a ansiedade inicial das primeiras semanas de vida do bebê. Mas as descobertas estão longe de acabar.

 

No segundo mês de vida, o mundo começa a se revelar mais interessante para o seu filho. Os sentidos ficam cada vez mais aguçados e o bebê, além de descobrir o mundo, também descobre a si mesmo. É comum que, nessa fase, ele fique tocando em suas próprias mãos e pés e passe um longo tempo observando seu próprio corpo.

 

Os ossos e articulações estão mais firmes, pois já é possível erguer e girar a cabeça, esticar os braços e agarrar objetos. Os preferidos serão os mais coloridos, que chamarão mais atenção do bebê, que com dois meses conseguem enxergar até 20 cm de distância. E claro que todos serão levados à boca, sua principal ferramenta de conhecimento do mundo nessa fase.

 

A partir do segundo mês uma criança saudável geralmente tem mais apetite, os horários das refeições começarão a ser regularizados e ela pode ganhar, em média, um quilo por mês. Nessa fase as noites em claro também tendem aacabar, pois o bebê já começa a criar uma rotina e passa mais horas acordado durante o dia.

 

Fonte:

BABY CENTER. Recém-nascido. Disponível em: http://brasil.babycenter.com/c200073/rec%C3%A9m-nascido. Acesso em 26 de janeiro de 2017.

TERCEIRO MÊS

Começou a brincadeira

 

Aos três meses de vida o neném se torna mais brincalhão, se esconde atrás de objetos e adora ter companhia. Como ele já está com os sentidos mais apurados, possui mais movimentos e reconhece melhor as pessoas e objetos, respondendo rapidamente aos estímulos. Dessa forma, ele fica acordado por mais tempo durante o dia, dando apenas alguns cochilos, e dorme durantemais horas à noite, permitindo que os pais tenham mais horas de sono.

 

O neném continua colocando tudo o que pega na boca e isso será cada vez mais constante, pois seu corpo está mais forte e a cada semana ele ganha mais capacidade de locomoção e, consequentemente, alcança mais objetos. Por isso, fique atenta aos objetos deixados ao alcance de seu filho para evitar acidentes.

 

Nesse momento a linguagem começa a se desenvolver, pois a criança está cada vez mais atenta às formas de comunicação dos adultos ao seu redor para desvendá-las, alcançando seus objetivos de forma mais rápida. Pode até parecer estranho, mas elas já têm esse nível de consciência.

 

Fonte:

BABY CENTER. Recém-nascido. Disponível em: http://brasil.babycenter.com/c200073/rec%C3%A9m-nascido. Acesso em 19 de fevereiro de 2015.

QUARTO MÊS

Os primeiros sons

 

Com a musculatura cada vez mais desenvolvida, a criança não para mais de se mexer. Vira para todos os lados, coloca as mãos e os pés na boca e até consegue sentar com a ajuda de um apoio. Como já está mais “independente”, brinca com facilidade e adora ganhar a atenção de toda a família.

 

A partir do quarto mês o bebê fica cada vez mais atento ao comportamento dos pais e outros adultos próximos. Nessa fase ele começará a soltar alguns sons chamados de balbucios. Eles não têm significado, mas já possuem intenção de comunicação, com o propósito de conseguir alimento ou atenção.

 

Aproveite essa fase cheia de energia estimulando, brincando e conversando com seu bebê, pois isso será essencial para o desenvolvimento dele.

 

Fonte:

TUA SAÚDE. Bebê com 4 meses. Disponível em: http://www.tuasaude.com/bebe-com-4-meses/. Acesso em 26 de janeiro de 2017.

QUINTO MÊS

Reconhecendo seu próprio nome

 

Com cinco meses o bebê já possui força e reage a situações que não o agradam, como retirar a mamadeira ou algum brinquedo de suas mãos. Além disso, já levantam os braços para pedirem por colo e expressam sentimentos por expressões faciais.

 

Nessa idade, uma criança saudável tem em média de seis a sete quilos e mede entre 55 e 70 centímetros, e deve engordar cerca 600 gramas a cada mês. Recomenda-se que a alimentação seja mantida exclusivamente com leite materno.

 

A criança já é capaz de reconhecer seu nome e de pronunciar vogais, além de expressar sua vontade por meio de gritos e balbucios, chamando a atenção para conseguir carinho e alimento.

 

Fonte:

BABY CENTER. Recém-nascido. Disponível em: http://brasil.babycenter.com/c200073/rec%C3%A9m-nascido. Acesso em 19 de fevereiro de 2015.
TUA SAÚDE. Bebê com 5 meses. Disponível em: http://www.tuasaude.com/bebe-com-5-meses/. Acesso em 19 de janeiro de 2017.

SEXTO MÊS

Explosão de sabores

 

Completar seis meses é uma data importante na vida do seu filho, pois agora ele descobrirá um novo mundo de sabores. Nessa idade a alimentação deixa de ser exclusivamente de leite materno e água e outros alimentos devem ser introduzidos no cardápio do bebê. Mas a mudança deve ser gradual e o leite não deve ser retirado do cardápio.

 

Caso a mãe não tenha leite para amamentar, deve-se utilizar o leite artificial do tipo a ser indicado pelo pediatra. Vale ressaltar que a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda que a amamentação seja mantida até os dois anos. É indicado começar essa mudança na alimentação oferecendo sucos e papinhas bem líquidas, pois os dentinhos ainda não são fortes o bastante para a mastigação.

 

Nessa idade ele está mais observador do que nunca e adora imitar as outras pessoas e chamar a atenção balbuciando vogais e soltando alguns gritos, pois o choro não é mais a sua principal forma de comunicação. Contar histórias em voz alta e mostrar livros com desenhos coloridos aprimora a percepção de sons, formas e cores, além de construtivo para a evolução da criança, também é muito divertido.

 

Fonte:

BABY CENTER. O bebê de 6 meses. Disponível em: http://brasil.babycenter.com/a800076/o-beb%C3%AA-de-6-meses. Acesso em 20 de janeiro de 2017.
IG. Guia do Bebê – 6 meses. Disponível em: http://delas.ig.com.br/filhos/guiadobebe/6meses/. Acesso em 20 de janeiro de 2017.

PERGUNTAS FREQUENTES

Qual é a porcentagem de eficiência da pílula anticoncepcional?

Se tomada corretamente, o índice de falha é 0,1%, a eficiência é 99,9%.

Gostaria de saber o que acontece se a pílula começa a ser tomada fora do período de menstruação.

Pode haver mudança no ciclo menstrual e não haverá proteção para evitar gravidez nesse mês.

O DIU é dolorido? É possível sentir o DIU colocado pelo ginecologista?

A colocação do DIU é um pouco dolorida. O DIU é colocado no consultório médico e a mulher sente uma leve cólica, igual a de uma menstruação. Após a colocação do DIU, a mulher, treinada e orientada pelo médico, pode sentir os fios do DIU na vagina.

Tenho endometriose e tomo anticoncepcional sem parar para não menstruar. Gostaria de saber se corro o risco de engravidar.

O risco de gravidez para quem utiliza o anticoncepcional de maneira correta e regular é muito baixo. Mas converse com seu médico a respeito dessa maneira de tomar a pílula.

VER TUDO

VÍDEOS

QUAL O MÉTODO CONTRACEPTIVO IDEAL PARA VOCÊ?

QUAL O MÉTODO CONTRACEPTIVO IDEAL PARA VOCÊ?

YYMMDD Author/Uploaded by

Qual o método contraceptivo ideal para você? Assista ao vídeo e descubra!

LER MAIS

ARTIGOS RELACIONADOS

NEWSLETTER

Para receber mais informações,
digite seu nome e e-mail.

As opiniões acima possuem caráter meramente informativo e não substituem a consulta a seu médico de confiança.

 

Não é finalidade deste site a análise, comentário ou emissão de qualquer tipo de diagnóstico aos usuários, tarefa esta reservada unicamente ao seu respectivo médico de confiança.