COMO A SÍNDROME DOS OVÁRIOS POLICÍSTICOS (SOP) PODE IMPACTAR NA SUA SAÚDE A LONGO PRAZO?

Se você for diagnosticada com SOP, existe um risco maior de desenvolver os seguintes problemas de saúde ao longo do tempo:

 

Resistência insulínica e diabetes – Se a sua glicose no sangue fica fora do normal, o diabetes pode aparecer. Estima-se que 10% a 20% das mulheres com SOP podem vir a desenvolver diabetes em algum momento. E se ela não for tratada, poderá trazer danos aos órgãos do seu corpo. Se você foi diagnosticada com SOP, o risco de desenvolver diabetes aumenta se:

 

  • Você tiver mais de 40 anos
  • Tiver parentes que tenham diabetes
  • Tiver desenvolvido diabetes durante a gravidez
  • For obesa (índice de massa corpórea acima de 30)

 

Pressão Alta – Mulheres com SOP tendem a apresentar pressão alta, o que está mais relacionado com a resistência insulínica e obesidade, que com a SOP em si. A pressão alta também pode levar a doenças do coração e, por isso, deve ser tratada.

Impactos da SOP a longo prazo

 

Doenças cardiovasculares – O desenvolvimento de doenças cardíacas está relacionado a outras condições como diabetes e pressão alta. Se você não apresenta nenhuma destas condições, não há evidências claras de que você terá complicações só porque apresenta SOP. Se você tem colesterol alto, é importante que converse com seu médico, para avaliar o melhor tratamento e assim diminuir o risco de ter problemas cardíacos.

 

Câncer – Com menos menstruações (menos de três ao ano), o endométrio (tecido interno do útero) pode ficar mais espesso e levar ao câncer de endométrio em algumas mulheres. Existem diferentes formas de proteger o endométrio, utilizando o hormônio progestogênio. O seu ginecologista pode discutir as opções que estão disponíveis, como as pílulas anticoncepcionais ou os sistemas intrauterinos à base de hormônio.

 

Depressão e alterações de humor – Os sintomas da SOP podem afetar a forma como você se enxerga e como você acredita que os outros lhe vêem. Isso pode diminuir a sua auto-estima.

 

Referências bibliográficas

 

  1. MORAES LAM et al. Síndrome dos Ovários Policísticos in Projeto Diretrizes — Associação Médica Brasileira e Conselho Federal de Medicina. Disponível em: https://diretrizes.amb.org.br/_BibliotecaAntiga/sindrome-dos-ovarios-policisticos.pdf. Acessado em 30.Ago.2013.
  2. Portal da Saúde. Síndrome de Ovários Policísticos e Hirsutismo in Serviços: Protocolos Clínicos e Diretrizes Terapêuticas. Disponível em: https://antigo.saude.gov.br/images/pdf/2019/julho/11/Ovarios-Policisticos-julho2019.pdf. Acessado em 30.Ago.2013.
  3. NIH. Polycystic Ovary Syndrome (PCOS): Condition Information. Disponível em: http://www.nichd.nih.gov/health/topics/PCOS/conditioninfo/Pages/default.aspx. Acessado em 30.Ago.2013.
  4. RCOG. Polycystic Ovary Syndrome, Long-Term Consequences (Green-top 33). Disponível em: http://www.rcog.org.uk/womens-health/clinical-guidance/long-term-consequences-polycystic-ovary-syndrome-green-top-33. Acessado em 30.Ago.2013.

PERGUNTAS FREQUENTES

POSSO ENGRAVIDAR APÓS INTERROMPER O USO DO DIU Hormonal?

Sim. Após a remoção, não há alteração da fertilidade existente antes da inserção, podendo ocorrer a gravidez já durante o primeiro ciclo menstrual após a remoção do DIU Hormonal.

POR QUANTO TEMPO POSSO USAR O DIU Hormonal?

O DIU Hormonal possui ação contraceptiva por 5 anos, sendo que, após este período, o sistema deve ser retirado. Se desejar, um novo pode ser inserido imediatamente após a remoção do anterior.

O QUE FAZER CASO QUEIRA ENGRAVIDAR OU REMOVER O DIU Hormonal POR OUTRA RAZÃO?

O DIU Hormonal pode ser facilmente removido a qualquer momento pelo seu médico e geralmente esta remoção é um procedimento indolor. A fertilidade é recuperada após a remoção do DIU Hormonal. Se não desejar engravidar, o DIU Hormonal não deve ser removido após o 5º dia do ciclo menstrual, a menos que outro método contraceptivo seja iniciado pelo menos 5 dias antes da remoção. Quando a mulher não apresenta sangramento, recomenda-se o uso de método contraceptivo de barreira por 5 dias antes da remoção e até que sua menstruação retorne. Um novo DIU Hormonal também pode ser inserido imediatamente após a remoção do anterior e, neste caso, não é necessária qualquer proteção adicional. O tratamento não deve ser interrompido sem o conhecimento do seu médico.

O DIU Hormonal PODE ME PROTEGER DO HIV OU DE ISTs (Infecções Sexualmente Transmissíveis)?

Não. O DIU Hormonal não fornece proteção contra o HIV ou ISTs.

VER TUDO

VÍDEOS

QUAIS SÃO OS ASPECTOS E SINTOMAS DOS DIFERENTES TIPO DE CORRIMENTO? - GINECO RESPONDE EP.03

QUAIS SÃO OS ASPECTOS E SINTOMAS DOS DIFERENTES TIPO DE CORRIMENTO? - GINECO RESPONDE EP.03

YYMMDD Author/Uploaded by

Neste episódio de Gineco Responde, ficamos sabendo sobre os diferentes tipos de corrimentos que acometem as mulheres e sinaliza quando devemos nos preocupar com eles.

LER MAIS

ARTIGOS RELACIONADOS

NEWSLETTER

Para receber mais informações,
digite seu nome e e-mail.

As opiniões acima possuem caráter meramente informativo e não substituem a consulta a seu médico de confiança.

 

Não é finalidade deste site a análise, comentário ou emissão de qualquer tipo de diagnóstico aos usuários, tarefa esta reservada unicamente ao seu respectivo médico de confiança.