A IMPORTÂNCIA DO SONO PARA A SAÚDE

Todos nós sentimos a necessidade de descansar. Afinal, o corpo o humano, apesar de toda a sua complexidade, não é uma máquina e precisa repor suas energias pela alimentação e pelo sono. Mas será que o sono só serve para nos fazer relaxar?

 

Sempre ouvimos que o ideal é dormir oito horas por dia e isso não é exagero. Durante o sono, além de descansar, o nosso corpo trabalha para manter o equilíbrio do sistema imunológico, endócrino, neurológico e de diversas outras funções. Por isso, o sono é tão importante para nossa saúde.

 

Benefícios de uma noite de sono

 

Obesidade: durante o sono, o corpo produz o hormônio leptina, responsável pela sensação de saciedade. Pessoas com apneia do sono e insônia podem sentir mais vontade de comer pela carência dessa substância. Além disso, nosso corpo queima calorias durante as horas de sono, sendo que dormir menos de oito horas pode reduzir em até 55% esse consumo.

 

Diabetes: dormir mal aumenta a resistência do corpo à insulina, complicando ainda mais o controle da doença. De acordo com pesquisadores da Northwestern University, dos Estados Unidos, 82% dos pacientes diabéticos que apresentam dificuldades para dormir e que tiveram seu sono monitorado apresentaram resistência à insulina.

A importância do sono para a saúde

 

Hipertensão: o cansaço provocado por diversas noites mal dormidas causa estresse e aumenta a pressão sanguínea, causando hipertensão no médio prazo. Segundo estudo da Universidade de Montreal, no Canadá, a hipertensão desencadeada por insônia afeta até mesmo os paciente sem predisposição à doença.

 

Memória: pessoas que dormem bem absorvem melhor as informações que recebem durante o dia. De acordo com uma pesquisa realizada pela Universidade de Lubeck, na Alemanha, durante as horas de sono ocorre a produção de proteínas responsáveis pelas conexões neurais, fundamentais para o aprendizado e a memória.

 

Depressão: pessoas que dormem menos de seis horas por dia têm mais chances de desenvolver depressão, é o que afirma o estudo realizado pelo Cleveland Clinic Sleep Disorders Center, nos Estados Unidos, que constatou
que quem dorme de seis a nove horas tem mais ânimo e qualidade de vida.

 

Agora que você já conhece alguns dos benefícios que uma boa noite de sono pode proporcionar, não tente mais lutar contra o cansaço. Caso sinta alguma dificuldade para adormecer, procure um médico, pois dormir bem é essencial
para a sua saúde.

 

Fonte:
MINHA VIDA. Insônia pode desencadear problemas cardíacos graves. Disponível em: http://www.minhavida.com.br/saude/materias/12642-insonia-pode-desencadear-problemas-cardiacos-graves. Acesso em 04 de março de 2015.

PERGUNTAS FREQUENTES

Quais as indicações para o uso do DIU Hormonal?

O DIU Hormonal pode ser usado para contracepção (prevenção da gravidez), (menorragia sangramento menstrual excessivo) e para proteção contra hiperplasia endometrial (crescimento excessivo da camada de revestimento do útero) durante a terapia de reposição hormonal.

Como o DIU hormonal funciona?

A parte vertical do T contém um hormônio, levonorgestrel, que é semelhante a um dos hormônios produzidos em seu corpo. O sistema libera o hormônio em uma taxa constante, mas em quantidades muito pequenas (20 microgramas por 24 horas).

A ação contraceptiva do DIU Hormonal ocorre através de 3 mecanismos:

  1. Promove o espessamento do muco normal no canal cervical (abertura para o útero), o que impede o espermatozoide de entrar no útero para fertilizar o óvulo;
  2. Afeta a movimentação do espermatozoide dentro do útero, evitando a fertilização;
  3. Controle do desenvolvimento mensal da camada de revestimento do útero (endométrio) de forma esta não fique suficientemente espessa para possibilitar gravidez.
O que é o DIU Hormonal?

O DIU Hormonal é um sistema intrauterino em forma de T que, após a inserção, libera o hormônio levonorgestrel dentro do útero. O objetivo da forma em T é o de ajustar o sistema de liberação à forma do útero. O braço vertical da estrutura em T consiste em um cilindro contendo o hormônio. Na extremidade deste braço, estão fixados dois fios que se destinam à remoção do DIU Hormonal.

Tenho muita dor de cabeça e cólica durante a pausa da pílula. É normal? O que pode ser feito?

Isso pode ocorrer com algumas mulheres e o motivo parece ser uma resposta à diminuição abrupta do estrogênio durante o período da pausa da pílula. Esse “fenômeno” é incomum e ocorre em uma minoria de mulheres. Existem possibilidades de tratamento sem a necessidade de suspensão do uso das pílulas. Seu ginecologista é a pessoa mais indicada para propor o melhor tratamento para o seu caso.

VER TUDO

VÍDEOS

QUAL O MÉTODO CONTRACEPTIVO IDEAL PARA VOCÊ?

QUAL O MÉTODO CONTRACEPTIVO IDEAL PARA VOCÊ?

YYMMDD Author/Uploaded by

Qual o método contraceptivo ideal para você? Assista ao vídeo e descubra!

LER MAIS

ARTIGOS RELACIONADOS

NEWSLETTER

Para receber mais informações,
digite seu nome e e-mail.

As opiniões acima possuem caráter meramente informativo e não substituem a consulta a seu médico de confiança.

 

Não é finalidade deste site a análise, comentário ou emissão de qualquer tipo de diagnóstico aos usuários, tarefa esta reservada unicamente ao seu respectivo médico de confiança.